Facebook Twitter Linked In Mais opções
imagem de destaque

acordo celebrado entre a ANMP e a E-Redes sobre contratos em baixa tensão…

O acordo celebrado entre a ANMP e a E-Redes e a proposta de regulamento de funcionamento da comissão de acompanhamento da concessão de contratos em baixa tensão estiveram em destaque na reunião do grupo de trabalho metropolitano da energia, que decorreu no dia 5 de junho, no edifício-sede da Área Metropolitana de Lisboa.

De caráter transitório, o acordo configura a resposta da E-REDES às principais preocupações manifestadas pelos municípios relativas a alterações nos atuais contratos em baixa tensão, e visa assegurar a utilização de novas soluções e tecnologias, para promoção da gestão flexível das redes de distribuição de eletricidade em baixa tensão, desenvolver a mobilidade elétrica e a transição energética e acautelar o desenvolvimento das infraestruturas das redes inteligentes.

O acordo contempla iniciativas em diferentes áreas, que contribuirão para reforçar os níveis de articulação entre a E-REDES e os municípios, nomeadamente, ao nível da partilha da informação, investimento em redes, no acesso e utilização de infraestruturas, na iluminação pública, e na preparação de iniciativas com fundos comunitárias, entre outras.

Os grupos de trabalho metropolitano foram constituídos pela Área Metropolitana de Lisboa, em articulação com os seus municípios, em áreas de interesse metropolitano, para partilha de experiências e conhecimentos e para a articulação de políticas comuns.

As deliberações dos grupos de trabalho servem de apoio à atividade da comissão executiva e do conselho metropolitano.

Os grupos de trabalho, coordenados por um elemento da comissão executiva metropolitana, são formados por representantes políticos e técnicos dos 18 municípios da área metropolitana de Lisboa.

Actualizado a 12/07/2023
To top