Facebook Twitter Linked In Mais opções
imagem de destaque

Aderimos à Rede de Apoio ao Investidor da Diáspora

A Área Metropolitana de Lisboa aderiu à Rede de Apoio ao Investidor da Diáspora. A decisão foi aprovada, por unanimidade, no Conselho Metropolitano de Lisboa, que decorreu no dia 26 de janeiro de 2023.

O Programa Nacional de Apoio ao Investidor da Diáspora é dirigido a emigrantes portugueses e lusodescendentes que queiram investir ou alargar a sua atividade económica em Portugal e a empresas nacionais que queiram internacionalizar os seus negócios através da diáspora.

Presta um acompanhamento sistematizado e institucional ao potencial estratégico das comunidades portuguesas residentes no estrangeiro e é um instrumento de afirmação internacional de Portugal e de desenvolvimento do tecido económico e empresarial do país e dos seus territórios.

A Área Metropolitana de Lisboa vai ter uma competência agregadora, sendo que o acompanhamento aos investidores será prestado por dispositivos de apoio ao empreendedorismo dos municípios (agências, incubadores e outros).

Cabe à AML fazer a interlocução com a coordenação do Programa Nacional de Apoio ao Investidor da Diáspora e com os investidores e exportadores.

Entre as suas atribuições estão também a identificação, mapeamento e listagem dos investimentos existentes ou que venham a ser realizados nos respetivos concelhos, que sejam oriundos das comunidades portuguesas e de empresários da diáspora, o levantamento de custos de contextos específicos ao investimento, a divulgação de boas práticas e avaliação dos resultados de investimentos, a promoção de roteiros de investimento da diáspora em Portugal e a disseminação de projetos, iniciativas e exemplos concretos de investimento da diáspora, ou de internacionalização através da diáspora.

A adesão à rede não acarreta a transferência ou disponibilização de recursos financeiros entre os participantes

Actualizado a 31/01/2023
To top