Facebook Twitter Linked In Mais opções
imagem de destaque

AML recebeu Workshop sobre diálogo Climático e Energético e Planos Municipais no Pacto de Autarcas

A adaptação dos planos de ação de energia e clima ao processo do Pacto de Autarcas da União Europeia e a partilha de conhecimento sobre o papel dos municípios no processo de revisão do Plano Nacional de Energia e Clima 2021-2030 foram o mote principal de um workshop promovido pela Associação ZERO e pelo projeto LIFE NECPlatform, em parceria com a Área Metropolitana de Lisboa, que se realizou hoje na sede da AML.

Na abertura da sessão, o primeiro-secretário metropolitano, Carlos Humberto de Carvalho, referiu o trabalho feito pela AML no âmbito climático: “o território da área metropolitana de Lisboa dispõe de um instrumento construído em parceria, – o Plano Metropolitano de Adaptação às Alterações Climáticas -, que é a base do trabalho que aqui vem sendo desenvolvido, e agora chegou a altura de dar um novo passo, e avançar para um plano metropolitano de ação climática, em parceria com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo e com os municípios, que nos prepare melhor para os desafios climáticos dos tempos vindouros”.   

No workshop, interativo e com exercícios práticos, participaram técnicos e decisores dos municípios da área metropolitana de Lisboa, e, para além da adaptação de planos de ação de energia e clima ao processo do Pacto de Autarcas, foram também debatidas questões como a promoção da participação municipal e cívica nas plataformas permanentes de diálogo climático e energético à escala nacional e europeia, e as oportunidades de financiamento nacional e europeu na área da ação climática.

Os trabalhos foram conduzidos por João Dinis, da empresa municipal Cascais Ambiente, Ana Muller e Bárbara Maurício, da associação ZERO e do Projeto LIFE NECPlatform.

Actualizado a 19/04/2023
To top