Facebook Twitter Linked In Mais opções
imagem de destaque

Projeto AML Alimenta apresentado em Palmela no dia 12 de Abril

O projeto AML Alimenta vai ser apresentado publicamente no dia 12 de abril, às 9h30, na Biblioteca Municipal de Palmela, num evento que contará com a participação do secretário de estado da Agricultura, Gonçalo Rodrigues, e do presidente da Câmara Municipal de Palmela, Álvaro Amaro.

O AML Alimenta é um projeto desenvolvido no âmbito do Plano Nacional para a Alimentação Equilibrada e Sustentável da Rede Rural Nacional, que tem como objetivos a promoção da alimentação saudável e sustentável, a valorização da dieta mediterrânica e o combate ao desperdício alimentar na área metropolitana de Lisboa.

Resulta de uma parceria entre a Área Metropolitana de Lisboa, Direção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, Associação para o Desenvolvimento Sustentável da Região Saloia e Associação para o Desenvolvimento Regional da Península de Setúbal, e surge na sequência do trabalho desenvolvido na Rede de Parques Agroalimentares da AML, criada com mais de 30 parceiros, entre autarquias, agências da administração central, universidades, associações de promotores, cooperativas e ONG.

O evento conta ainda com intervenções relativas à estratégia alimentar da AML, ao Plano Nacional para a Alimentação Equilibrada e Sustentável e a oportunidades de financiamento para a temática da alimentação, no quadro do Programa Regional Lisboa 2030 e do Plano Estratégico da Política Agrícola Comum para Portugal.

Participarão também Filipe Ferreira, secretário metropolitano, Joaquim Carapeto, presidente da Associação para o Desenvolvimento Regional da Península de Setúbal, Márcia Mendes, diretora executiva da Associação para o Desenvolvimento Sustentável da Região Saloia, Carlos Pina, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo, e Artur Gregório, da Federação Minha Terra. 

O programa completo pode ser consultado aqui.

Recorde-se que a AML já trabalha as questões da sustentabilidade e transição alimentar desde 2019, ano em que elaborou, em conjunto com a CCDRLVT a Estratégia Regional Lisboa 2030, e identificou como dimensão prioritária a Sustentabilidade Ambiental e Alimentar.

Inscreva-se gratuitamente no evento aqui.

Actualizado a 20/04/2023
To top