Facebook Twitter Linked In Mais opções
imagem de destaque

AML promove workshop sobre indicadores climáticos locais, no âmbito do projeto CLIMA.AML

A AML promoveu, no dia 22 de novembro, o segundo workshop do projeto “CLIMA.AML – Rede de Monitorização e de Alerta Meteorológico Metropolitano”, sob o mote “Indicadores Climáticos Locais”.

Destinado a técnicos municipais, stakeholders e investigadores científicos, a sessão debruçou-se sobre a produção de um sistema de alerta de impactos climáticos a partir dos dados recolhidos pela rede metropolitana de estações meteorológicas, para apoiar os processos de adaptação às alterações climáticas e à gestão de operações.

Neste workshop, que contou com a presença de mais de 40 participantes, participaram especialistas do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), dos Comandos Distritais de Operações de Socorro de Lisboa e Setúbal e das equipas de proteção civil municipal das autarquias da Área Metropolitana de Lisboa, para além da equipa técnica da AML e do conjunto de técnicos das entidades responsáveis pelo desenvolvimento do projeto (CE3c e 2Adapt, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa).

Os contributos recebidos pelos participantes neste segundo momento de capacitação irão permitir o aperfeiçoar o sistema de alerta de impactos climáticos, e aprofundar o conhecimento sobre os principais riscos e vulnerabilidades do território e sobre a evolução dos impactos e eventos resultantes das alterações climáticas, que se têm vindo a registar, com maior intensidade, na área metropolitana de Lisboa.

Recorde-se que, no âmbito do programa “Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono”, operado pela Secretaria Geral do Ambiente e da Ação Climática,  e financiado pelos “EEA Grants 2014-2021”, referente a um aviso para projetos que reforcem a adaptação às alterações climáticas a nível local, a AML está a implementar, desde março de 2021, o projeto “CLIMA.AML: Rede de Monitorização e Alerta Meteorológico Metropolitano”, dando seguimento ao PMAAC-AML.

O projeto conta com um site dedicado (https://clima.aml.pt), com os dados, em tempo real, da informação a partir das 18 estações meteorológicas instaladas em cada um dos municípios da AML.

Esta plataforma, que reúne e compatibiliza todos os dados e informações essenciais para suporte à monitorização e avaliação dos dados meteorológicos, permite conhecer os padrões associados às alterações climáticas e os impactes nas comunidades locais, funcionando em complementaridade com a rede do IPMA.

A implementação do CLIMA.AML decorrerá durante cerca de 30 meses, até julho de 2023.

 BARRA_EE_GRANTS.JPG

Actualizado a 29/11/2022
To top