Facebook Twitter Linked In Mais opções
imagem de destaque

Plataforma de oportunidades de financiamento da AML apresentada em encontro europeu

A nova plataforma de oportunidades de financiamento da Área Metropolitana de Lisboa foi apresentada publicamente num encontro europeu sobre a importância da coesão no planeamento metropolitano, realizado ontem, por videoconferência, a partir de Lisboa.

Durante o encontro europeu ESPON Metro Lisboa, Filipe Ferreira, secretário metropolitano, traçou as linhas gerais desta nova plataforma digital (www.aml-oportunidades.pt/) , onde são apresentadas e divulgadas oportunidades de financiamento, estruturadas em cinco grandes áreas: inovação e competitividade, sustentabilidade ambiental e alimentar e mitigação de riscos naturais, coesão social e sustentabilidade demográfica, mobilidade e conetividade sustentável, e desenvolvimento urbano e mudança transformadora.

O sistema assenta na conceção de que a identificação e divulgação de informação regular sobre esta temática reduz os entraves no acesso a oportunidades de financiamento nacionais e internacionais, e que, através desta informação sistematizada, a Área Metropolitana de Lisboa está a contribuir para a construção de um território metropolitano mais forte, mais inovador, mais competitivo, mais coeso, e mais capacitado.

A plataforma será também um sítio para o estabelecimento de redes e parcerias no âmbito do desenvolvimento de projetos (matchmaking), dando resposta a múltiplos processos de preparação de candidaturas a fundos que exigem o estabelecimento de redes de parceiros a nível local, regional ou nacional ou transnacional. A plataforma procurará, por isso, contribuir também para aumentar essas parcerias, acrescentando valor ao processo de constituição de redes e potenciando as candidaturas em ambiente competitivo.

O trabalho desenvolvido pela Área Metropolitana de Lisboa no âmbito das oportunidades de financiamento está articulado com a Estratégia Regional de Lisboa AML 2030, desenhada em parceria com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo, através da qual foi definido o quadro estratégico regional de referência para os programas e instrumentos a executar no seio da política de coesão 2021-2027, e a estratégia de desenvolvimento regional da área metropolitana de Lisboa para a década.

Recorde-se que o Sistema Metropolitano de Oportunidades de Financiamento foi criado em 2016, no âmbito das competências dadas à Área Metropolitana de Lisboa na área da gestão de programas de apoio ao desenvolvimento regional.

Actualizado a 24/02/2022
To top