Facebook Twitter Linked In Mais opções
imagem de destaque

Participaram 25 entidades na reunião da Comissão Sub-regional do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais

Cerca de 40 participantes, em representação de 25 entidades – autarquias, forças de segurança e proteção civil, empresas de infraestruturas, operadores de transportes públicos e entidades da administração central e regional – estiveram na primeira reunião deliberativa da Comissão Sub-regional do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais da AML, que se realizou ontem, na sede da Área Metropolitana de Lisboa.

Durante a reunião da Comissão, presidida pelo vice-presidente do Conselho Metropolitano de Lisboa, Hélder Sousa Silva (presidente da Câmara Municipal de Mafra), foi feita a apresentação dos membros da comissão, eleito o secretário e aprovado o regimento de funcionamento. O modelo de governança do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais foi também dado a conhecer pela sua coordenadora regional, Helga Soares.

O Sistema de Gestão Integrada dos Fogos Rurais desenvolve-se em quatro níveis territoriais: nacional, regional, sub-regional e municipal.

As Comissões sub-regionais terão como principais competências articular a atuação entre as entidades públicas e privadas em matéria de gestão integrada de fogos rurais na sua sub-região, aprovar o programa sub-regional de ação, submeter a proposta de programa sub-regional de ação à respetiva comissão regional, monitorizar e avaliar da execução do programa sub-regional de ação, promover, acompanhar e monitorizar o desenvolvimento das ações dos programas municiais, promover o cumprimento dos programas de comunicação e dar parecer sobre os programas municipais.

A próxima reunião, de cariz técnico, da Comissão Sub-regional do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais da AML foi agendada para dia 31 de março.

Actualizado a 17/03/2022
To top