Facebook Twitter Linked In Mais opções
imagem de destaque

AML e Agência Portuguesa do Ambiente organizam sessão sobre oportunidades de financiamento do programa LIFE

A Área Metropolitana de Lisboa, em colaboração com a Agência Portuguesa do Ambiente, promoveu, junto dos municípios, uma sessão informativa sobre oportunidades de financiamento inseridas no programa LIFE.

A sessão, realizada no dia 16 de março, através de uma plataforma digital, teve como principal objetivo esclarecer os municípios interessados acerca do funcionamento, metodologia e formato dos concursos que já abriram, ou se preveem ainda abrir no período 2021-2027, no âmbito do programa.

Participaram na sessão, por parte da Área Metropolitana de Lisboa, Carlos Humberto de Carvalho (primeiro-secretário metropolitano) e Filipe Ferreira (secretário metropolitano), e, do lado da Agência Portuguesa do Ambiente, José Paulino, Ana Santos, Isabel Lico, Vanda Pereira e Ana Daam. Participaram ainda Pedro Arriegas, do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, e Isabel Soares e Paula Gomes, da Direção-Geral de Energia e Geologia.

As prioridades temáticas do LIFE 2021-2024, que foram alvo de uma apresentação detalhada, são quatro:  natureza & biodiversidade, economia circular & qualidade de vida, mitigação e adaptação às alterações climáticas, e transição para energias limpas.

Durante a reunião, que envolveu cerca de 60 participantes, foram também debatidos outros assuntos de interesse municipal como a elaboração de uma proposta LIFE de qualidade e o calendário provisório para 2022.

Através deste processo de divulgação de oportunidades de financiamento, a Área Metropolitana de Lisboa pretende proporcionar acesso a um nível substancial de informação e apoio, para que os municípios desenvolvam as competências necessárias para responder aos desafios que as candidaturas representam, e possam, dessa forma, não só aumentar o seu nível de competitividade nacional e internacional, mas que também se desenvolvam de uma forma sustentável e continuada.

Aumentar os níveis de execução qualificada dos programas, promovendo a construção de um território metropolitano mais coeso social, cultural, ambiental e economicamente, é o grande objetivo deste trabalho de divulgação, iniciado em 2020.

Actualizado a 18/03/2022
To top