Facebook Twitter Linked In Mais opções
imagem de destaque

Carris Metropolitana vai ter em circulação 1400 autocarros novos a partir de dia 1 de junho

A Carris Metropolitana foi apresentada publicamente, no dia 1 de abril, perante o ministro da ação climática, presidentes e vereadores dos 18 municípios da área Metropolitana de Lisboa, entre outros 300 convidados, em representação de inúmeras entidades públicas e privadas.

A operação da Carris Metropolitana, que começa a entrar em funcionamento a partir dos dias 1 de junho, nos municípios de Alcochete, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal, e 1 de julho, nos restantes municípios da área Metropolitana de Lisboa, envolverá cerca de 12.000 paragens, 2.000 percursos, 820 linhas (160 novas e 330 com oferta reforçada), 17.000 circulações por dia, 300 painéis digitais de informação ao público, e mais de 1.500 autocarros, dos quais 1.400 serão novos.

A rede de serviço de autocarros foi desenhada pela Área Metropolitana de Lisboa, em conjunto com os 18 municípios, para servir 2,8 milhões de potenciais utilizadores. 

1ABRIL_2.JPG

O evento de apresentação da Carris Metropolitana, que decorreu no Pátio da Galé, em Lisboa, contou com intervenções de Duarte Cordeiro, ministro do Ambiente e da Ação Climática, Carlos Moedas, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carla Tavares, presidente do Conselho Metropolitano de Lisboa, Carlos Humberto de Carvalho, primeiro-secretário metropolitano, e Faustino Gomes, presidente do conselho de administração da TML – Transportes Metropolitanos de Lisboa.

A cerimónia, que assinalou também o terceiro aniversário do sistema navegante, incluiu ainda um pequeno desfile de moda, com a participação de trabalhadores de uma operadora de transportes, que serviu para dar a conhecer o fardamento da Carris Metropolitana, desenhado por Nuno Gama.

1ABRIL_4.JPG

No final da cerimónia, os convidados puderam ver e experimentar alguns dos novos autocarros, já decorados com a imagem da Carris Metropolitana.

1ABRIL_3.JPG

Recorde-se que a Carris Metropolitana vem dar continuidade a uma revolução na mobilidade da região metropolitana de Lisboa, que tem por objetivo a promoção da qualidade de vida e uma alteração da repartição modal a favor dos transportes públicos e da mobilidade sustentável.

O investimento de cerca de 1,2 mil milhões de euros realizado com a operação permitirá aumentar o serviço de transporte rodoviário em cerca de 35 %, que se traduzirá em mais carreiras, mais percursos e circulações, autocarros mais modernos, mais eficientes e ambientalmente mais sustentáveis, e mais qualidade no serviço prestado.

As melhorias contemplam ainda uma importante vertente de modernização tecnológica, um planeamento e ajustamento do serviço às necessidades existentes e a promoção da pontualidade, regularidade e confiabilidade do sistema.

A sustentabilidade ambiental será igualmente promovida, através da renovação e qualificação da frota, que passará pela diminuição da idade média dos autocarros de 15 anos para menos de um ano e a inclusão de uma cota de veículos não poluentes e energeticamente eficientes.

O alargamento da rede de vendas e serviços de apoio ao passageiro e a gestão centralizada da informação serão também uma forte aposta da Carris Metropolitana.  

Actualizado a 4/04/2022
To top