Facebook Twitter Linked In Mais opções
imagem de destaque

Projeto CLIMA.AML selecionado para apresentação a delegação política da Noruega

O projeto de monitorização e de alerta meteorológico metropolitano CLIMA.AML foi selecionado, de entre um total de dezassete, pela Secretaria-Geral do Ambiente, operadora do programa Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono, dos EEA GRANTS 2014-2021, para ser apresentado a uma delegação política do Condado de Nordland, da Noruega, que ontem foi recebida em Lisboa.

A apresentação, que decorreu nas instalações da Unidade Nacional de Gestão do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu, responsável pela aplicação dos EEA GRANTS em Portugal, serviu para aprofundar os conhecimentos sobre os EEA GRANTS, mais concretamente, sobre a cooperação entre Portugal e a Noruega, no sentido de identificar oportunidades de particular interesse para os municípios e demais stakeholders do Condado de Nordland, nos domínios das temáticas ‘Crescimento Azul’, ‘Ambiente’ e ‘Conciliação e Igualdade de Género’.

O projeto propõe uma solução integrada de monitorização meteorológica em contexto urbano, nos 18 municípios da AML, mediante uma plataforma online que monitoriza, avalia e compatibiliza os dados meteorológicos recolhidos, permitindo conhecer os padrões associados às alterações climáticas e os impactes nas comunidades locais (funcionando em complementaridade com a rede do Instituto Português do Mar e da Atmosfera).

O projeto, que dá continuidade ao Plano Metropolitano de Adaptação às Alterações Climáticas da Área Metropolitana de Lisboa, está a ser implementado na área metropolitana de Lisboa desde março de 2021, e decorrerá até ao final do primeiro semestre de 2023. É financiado pelos EEA Grants 2014-2021, e está inserido no programa Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono, operado pela Secretaria-Geral do Ambiente e da Ação Climática.

Actualizado a 20/05/2022
To top